Dia Internacional do Riso



Este dia remete a atenção para a importância de rir.


O riso é um comportamento humano que traz bem-estar às pessoas.


Rir é o melhor remédio (e é de graça).

Qual é a importância do riso?

O riso é muito importante na vida das pessoas principalmente em termos de expressão emocional. Vivemos numa sociedade em que estamos mergulhados em informação e funcionamos muito com o raciocínio e com a lógica, ou seja, o hemisfério esquerdo do cérebro. Estamos sempre atentos, despertos: como ter de agir, de reagir. Quando rimos, ativamos o hemisfério direito do cérebro, que está responsável pela área mais criativa, mais inconsciente, percecionada e relaxada. Conseguindo criar na pessoa uma espécie de libertação emocional. Esta, acaba por encontrar novamente o equilíbrio, entre outros benefícios na saúde.



Vantagens de quando rimos:

  • Fortalecemos o coração;

  • Dilatamos os vasos sanguíneos;

  • Melhoramos a respiração;

  • Aliviamos a digestão;

  • Ativamos mais de 400 músculos do nosso corpo;

  • Fortalecemos laços afetivos;

  • Libertamos serotonina (antidepressivo natural);

  • Libertamos endorfinas - hormonas que aliviam a dor e provocam uma agradável sensação de bem-estar;

  • Libertamos dopamina que ajuda a elevar o estado de ânimo, adrenalina que nos ajuda a estarmos mais despertos e recetivos proporcionando maior criatividade;

  • Ajuda a fortalece o sistema imunológico e como rebaixa o nível de cortisol ajuda a atenuar o stress e as insónias;

  • Melhora ainda a função pulmonar em pacientes asmáticos e combate problemas cardiovasculares entre outros benefícios;

  • Rir ajuda a superar situações quotidianas de uma forma saudável e é uma excelente terapia complementar à medicina tradicional.


Está demonstrado cientificamente que o nosso corpo não distingue o riso induzido do riso natural, levando o organismo a obter todos os benefícios físicos, mentais e emocionais.


Quanto devemos rir por dia?

Dez minutos continuados por dia. É o recomendável pela Sabrina Tacconi, Master Trainer de Yoga do Riso


Porquê?

O organismo precisa de 10 minutos para que o cérebro se ative, através da gargalhada, e comece a libertar substâncias químicas positivas para nós, como por exemplo a serotonina, um antidepressivo natural, as endorfinas, que nos fazem sentir bem, as hormonas do bem-estar. Depois também faz descer o cortisol, que é a hormona do stress. Então, a partir dessa prática diária, de 10 minutos, o cérebro fica num estado mais positivo e o nosso organismo também funciona melhor, limpamos os pulmões [através da oxigenação], melhoramos o sistema cardiovascular e fazemos massagem interna. Portanto o riso, que parece uma coisa muito simples, e é, aporta inúmeros benefícios a todos os níveis, físico, mental e emocional, que é superimportante.


Ao rir estamos a melhorar os níveis de oxigenação...

O riso é a respiração mais profunda que temos, vai buscar todo o oxigénio possível para entrar no corpo que fica oxigenado, as células, o cérebro... Às vezes sentimo-nos cansados e é só por causa da falta de oxigénio no organismo. Simplesmente, parar um bocadinho e rir, dar uma gargalhada e já se começa a oxigenar e o cansaço começa a diminuir.


Faz bem rir sozinho?

Claro que sim, pois conseguimos arranjar sempre uma forma. Depois há coisas básicas, olhar-me ao espelho de manhã e começar a rir ou estarmos a rir quando estamos a tomar banho. Rir sozinho é muito saudável.


Quem quiser praticar yoga do riso o que pode esperar?

O yoga do riso tem tudo, principalmente a psicologia positiva, porque mistura mensagens também positivas, como por exemplo:


  • Quando fazemos o riso da gratidão [junta as mãos e inclina a cabeça em sinal de agradecimento] e é logo uma boa energia, trabalhamos programação neurolinguística. Pois, mudam-se registos de pensamentos, trabalha-se meditação ativa, porque no fundo quando estamos a rir estamos a meditar. O método é muito completo, trabalha muita coisa ao mesmo tempo. Ganha-se uma nova gestão de vida no dia-a-dia, mais fácil através do riso.




O riso ajuda à aproximação das pessoas, liga, conecta, cria cumplicidade.

Qual é a diferença entre “terapias do riso”?


Existem três, a risoterapia, a terapia do riso e o yoga do riso. A base é induzir o riso para atingir o riso verdadeiro através de exercícios que o líder do riso diz para fazer. A pequena diferença que há com o yoga do riso e como está ligado à Índia remete para alguns valores, como a gratidão, o perdão, a compaixão, a paz e a harmonia.


Não só neste dia, mas também: deve rir o mais que puder; quer na companhia dos amigos, trocando-se anedotas e episódios engraçados; quer sozinho, em casa a ver as suas comédias preferidas ou a ler um livro engraçado.


Uma risada por dia não sabe o bem que lhe fazia!



// Artigo escrito por Joana Oliveira, Psicóloga no Centro Clínico ADCA


11 views0 comments
Centro Clínico ADCA

A ADCA é um espaço em que o seu filho está em primeiro lugar!

geral@adca.pt

+351 916 700 044

Rua Padre António Caldas, 1709

4810-246 - Guimarães

Subscreva a nossa Newsletter!
Área Reservada