Sucesso Escolar




Para o sucesso escolar de uma criança é necessária a aquisição de bons hábitos e métodos de estudo. Qualquer criança consegue adquirir competências em qualquer idade ou ano de escolaridade. Contudo, no primeiro ciclo torna-se fundamental ajudar a criança a criar e a integrar na sua rotina bons hábitos. Sendo que, a partir do segundo ciclo, já com os referidos hábitos consolidados, a prioridade aqui passa a ser a aquisição de bons métodos.

Quando os pais e as famílias estão envolvidos na escola e neste processo de

aprendizagem tudo se torna mais fácil, encorajador, motivador e, inegavelmente, as crianças desenvolvem melhor estas capacidades e consequentemente têm melhores experiências com a escola e com o estudo.

Estratégias mais importantes para um bom método de estudo e para a sua respetiva eficácia:

1. Organização do espaço

É fundamental organizar e reservar um espaço físico dedicado ao estudo e às

tarefas escolares, sem elementos de distração.

2. Planificação

Aqui devem adquirir um calendário mensal para não ser logo muito extenso

visualmente e colocá-lo num local de fácil acesso visível. Nesse calendário o seu filho deverá colocar todos os testes e tarefas escolares que necessitem mais do que um dia de trabalho para se realizarem.

Ou seja, o objetivo é registar os testes e os trabalhos e para cada teste e cada

trabalho, calcular quantos dias necessita para a sua realização/preparação e assim registar no calendário os dias destinados a essa tarefa. As tarefas devem ser diretas e específicas para que a criança saiba exatamente o que tem que cumprir nesse dia.

Os pais, em conjunto com os filhos, devem ter um dia fixo da semana para atualizar o calendário de tarefas, tornando assim esta atividade regular/rotineira;

3. Seleção de matéria e resumo de informações.

Por exemplo, em vez de pedir ao seu filho para resumir as informações num texto, e estar infinitas vezes a despejar a matéria peça antes, para construir um mapa mental. Um mapa mental é a construção de um esquema para organizar a informação visualmente para que a criança consiga interligar, perceber, e assim os conteúdos lhe façam sentido, ao invés de estar a decorar.

Autonomamente deixe-o utilizar símbolos/imagens para os conceitos principais.

Estes símbolos e imagens ao lado das palavras ajudam a processar a informação; pode ainda utilizar várias cores no mapa mental, para estimulação visual e também para ajudar a codificar ou agrupar a informação.

Aqui a função dos pais é escutarem e corrigirem, treinarem com os filhos, até que ele consiga referir/mencionar todas as informações, toda a matéria, que deve memorizar, olhando apenas para os tópicos do esquema sem recorrer ao texto para que no teste tenha esta facilidade em desenvolver.

E para terminarmos, deve tranquilizar a criança, transmitir confiança e segurança de que correrá bem assim como correu o seu estudo e a sua preparação.



// Artigo escrito pela Dra. Sara Carvalhais, Psicóloga do Centro Clínico ADCA

19 views
Centro Clínico ADCA

A ADCA é um espaço em que o seu filho está em primeiro lugar!

geral@adca.pt

+351 916 700 044

Rua Padre António Caldas, 1709

4810-246 - Guimarães

Subscreva a nossa Newsletter!
Área Reservada